O Spotify é um dos serviços de streaming mais populares do mercado. A app está disponível em várias plataformas, mas a introdução da realidade aumentada no mercado dá-lhe espaço para se expandir a novos formatos. Com a ajuda da Magic Leap, a tecnológica tem imaginado como poderá vir a materializar-se nos headsets de RA e o primeiro resultado é, no mínimo, promissor.

No headset da Magic Leap, o Spotify torna-se numa ferramenta de organização de música que lhe permite transformar a sua casa numa espécie de museu. Na prática, é possível colocar versões virtuais dos álbuns em localizações específicas da habitação e, em consequência, criar ambientes sonoros específicos para cada uma das divisões.

Tem vários podcasts preferidos? Já pode criar uma lista de reprodução no Spotify
Tem vários podcasts preferidos? Já pode criar uma lista de reprodução no Spotify
Ver artigo

Esta app é a primeira a recorrer à interface de programação de aplicações (IPA) que a Magic Leap criou para virtualizar ambientes sonoros com base na localização geográfica do utilizador. A IPA em questão chama-se Background Music Service e pode funcionar em segundo plano, mesmo quando o utilizador está a fazer uso de outras ferramentas no headset. Na prática, ele pode estar noutras aplicações e continuar a ouvir os ambientes sonoros criados à medida que passeia pela casa.

O Spotify já está disponível no Magic Leap e esta funcionalidade exclusiva do headset também já pode ser utilizada.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.