Durante a mais recente edição do WWDC a Apple deu a conhecer as novidades que vão chegar às novas versões dos sistemas operativos, com foco na partilha de conteúdos e na privacidade dos utilizadores. Além das novidades anunciadas no evento principal, a Apple foi revelando também novas funcionalidades de segurança ao longo das múltiplas sessões destinadas aos developers da empresa.

A gigante de Cupertino está a desenvolver novas possibilidades de os utilizadores se autenticarem sem recorrerem a passwords e deu a conhecer mais detalhes sobre um novo método de autenticação chamado Passkeys, que ainda está numa fase inicial de desenvolvimento.

A funcionalidade, que estará disponível eventualmente para o iOS 15 e macOS Monterey, dá a possibilidade de criar uma conta e autenticar-se sem necessitar de uma palavra-passe. Assim, o utilizador precisará apenas de escolher um nome e usar o Face ID ou Touch ID para confirmar a sua identidade.

A Passkey será depois armazenada no “porta-chaves” da iCloud e sincronizada entre todos os equipamentos que recorram ao serviço de armazenamento na nuvem, tal como foi explicado durante a sessão “Move beyond passwords”.

Ainda no macOS Monterey, os utilizadores poderão ter acesso a uma funcionalidade de privacidade que fez a sua estreia no iOS 14 e que permite verificar que aplicações estão a usar o microfone. Na versão concebida para o sistema operativo dos computadores da Apple será possível verificar que programas estão a aceder ao microfone, com a indicação a surgir na barra de ferramentas no topo do ecrã.

Clique nas imagens para mais detalhes sobre o macOS Monterey

Chegará ao novo macOS uma nova funcionalidade que promete tornar mais fácil o processo de “limpeza” do computador. A Apple explica que com a nova funcionalidade, que espelha a que já existia para o iPhone e iPad, basta apenas um clique para eliminar todos os dados e programas instalados.

“Uma vez que o armazenamento é sempre encriptado nos sistemas Mac com chips Apple Silicon ou T2, o sistema é «apagado» de forma segura e instantânea ao destruir as chaves de encriptação”, indica a empresa.

O iOS 15 recebe também uma funcionalidade chamada “Secure Paste” que ajudará os utilizadores a proteger os dados que têm na sua área de transferência. Através dela será possível copiar e colar informação de uma aplicação para outra, sem que a segunda aceda aos dados transferidos até que o utilizador os cole.

Clique nas imagens para mais detalhes sobre as novidades do iOS 15

Entre as funcionalidades de segurança que passaram entre as “luzes” do WWDC 2021 destacam-se também novidades relacionadas com o desbloqueio do Face ID do iPhone através do Apple Watch, que fez a sua estreia no iOS 14.5. Em breve, os utilizadores poderão usar a funcionalidade como método de autenticação alternativo quando fazem pedidos à Siri.

A Apple dará também aos utilizadores novas possibilidades no que toca à instalação de atualizações no iPhone. Por um lado, será possível atualizar todo o sistema operativo assim que esteja disponível para o público. Por outro, os utilizadores que desejem poderão instalar apenas as atualizações de segurança, mantendo-se na versão 14 do iOS até que estejam prontos para avançar.

Apple WWDC 2021: iOS 15, iPadOS 15 e macOS atualizados com foco na partilha de conteúdos e privacidade dos utilizadores
Apple WWDC 2021: iOS 15, iPadOS 15 e macOS atualizados com foco na partilha de conteúdos e privacidade dos utilizadores
Ver artigo

Recorde-se que, de acordo com Tim Cook, CEO da Apple, os sistemas operativos anunciados no WWDC já estão disponíveis na versão Beta para programadores, com a versão Beta pública a chegar em julho. As versões finais do iOS e iPadOS 15, macOS Monterey, WatchOS 8 e restantes sistemas estarão disponíveis no Outono deste ano.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.