Nos conteúdos a fabricante coreana conta com a parceria da Leya, para fazer chegar a Portugal a iniciativa Smart School, um programa que já levou a vários países da Europa e que tem como objetivo promover o uso da tecnologia em ambiente escolar.



Em dezembro a Samsung estreou em Portugal outra vertente de uma iniciativa internacional na mesma área, dirigida a estudantes com idades entre os 18 e os 25 anos, a frequentar o ensino superior.



O Tech Institute visa promover a criação de competências técnicas e em Portugal estreou-se através de uma parceria com o CINEL - Centro de Formação Profissional da Indústria Eletrónica, Energia, Telecomunicações e Tecnologias de Informação, onde foi instalado um laboratório de formação Samsung, onde é possível trabalhar em diversas tecnologias da fabricante, como o TeK escreveu na altura.



A iniciativa Smart School está focada em alunos do ensino básico e secundário. Na escola de São João da Talha, que inaugura o programa em Portugal, os primeiros alunos a ter acesso à sala equipada integram uma turma do 3º ano, mas até final do ano letivo o objetivo é que outras turmas da escola também usem a tecnologia, explicou ao TeK Jorge Fiens.



O mesmo responsável garantiu que este ano haverá mais novidades nos dois programas, com mais tecnologia Samsung a chegar a escolas portuguesas. A empresa está a identificar as verbas disponíveis para os projetos em 2014 e depois disso definirá o plano, que articula com o Governo e com o IEFP.

A sala de aulas Samsung é inaugurada esta quarta-feira durante a manhã, numa cerimónia que conta com a presença do presidente da empresa em Portugal e do ministro da educação.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.