Os dispositivos vocacionados para gaming, sobretudo no sector PC continua a demonstrar um crescimento nos dois dígitos, segundo um recente relatório da IDC, citado pelo Gizchina. A analista refere mesmo que durante o segundo trimestre de 2019, a distribuição global de PCs de gaming e displays para videojogos cresceu 16,5%, face ao período homólogo do ano passado.

Existem alguns fatores que a empresa apontou como possível justificação do crescimento, nomeadamente a atualização dos computadores com os novos processadores da Intel, que levaram as fabricantes a atualizar as suas máquinas. Há mesmo um crescimento nos portáteis de gaming, na casa dos 12,7% face a 2018. A procura prende-se ainda com a nova tecnologia Ray Tracing que as fabricantes adicionaram às suas placas gráficas.

Ainda que a indústria apresente um crescimento acentuado, a procura de uma melhor performance nos jogos de PC manterá a expansão da procura de melhores computadores. Além disso, as fabricantes estão agora no processo de “compactar” a nova tecnologia para tornar os dispositivos ainda mais finos e leves, tornando-os cada vez mais poderosos, ao ponto de reduzir a distância entre os computadores de mesa e os portáteis.

E se os computadores apresentaram uma grande procura, as vendas dos monitores chegaram mesmo a ultrapassar os PCs, referindo mesmo alguns recordes. Há cada vez mais procura de um segundo monitor, sobretudo os jogadores que fazem streaming dos seus jogos, algo que tem levado a indústria a adaptar-se, como a Asus que lançou o ZenBook Pro duo com dois ecrãs 4K.

Segundo Lewis Ward, investigador da IDC para a área de gaming, também os eSports alavancaram a procura dos computadores, tendência que poderá manter-se até 2023, segundo projeta o especialista no seu relatório.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.