Uma ferramenta de inteligência artificial pode ensinar novas capacidades a robots? A mais recente criação da NVIDIA prova que sim. Desenvolvido pelo departamento de investigação da tecnológica norte-americana, o Eureka é um agente de IA alimentado pelo GPT-4 da OpenAI.

A NIVIDA explica que o Eureka usa o “poder” dos modelos de linguagem de grande escala (LLM, na sigla em inglês) para gerar algoritmos de recompensa que são usados para treinar robots de modo a executarem tarefas complexas.

Veja o vídeo

Rodopiar uma caneta entre os dedos, como é possível ver no vídeo anterior, é apenas uma de quase 30 tarefas que robots aprenderam a fazer graças ao Eureka, afirma a NVIDIA. Entre elas contam-se ainda abrir gavetas ou portas de armários, lançar bolas ao ar e apanhá-las, assim como usar uma tesoura.

Os investigadores da NVIDIA, que publicaram as conclusões do seu estudo num artigo científico, afirmam que, nos testes realizados, os programas de treino do Eureka foram 80% mais eficazes do que aqueles escritos por humanos. Os programas de treino do agente de IA permitiram também uma melhoria de 50% no desempenho dos robots.

Anima Anandkumar, diretora superior do departamento de pesquisa em IA da NVIDIA e uma das autoras do artigo científico, explica que a aprendizagem por reforço tem permitido avanços significativos ao longo da última década, embora ainda existam muitos desafios.

“O Eureka é o primeiro passo rumo ao desenvolvimento de novos algoritmos que integram métodos de aprendizagem generativa e por reforço para resolver tarefas complexas”, realça Anima Anandkumar.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.