No ano em que assinala o 30º aniversário da marca a Asus volta à IFA com uma presença mais destacada, recuperando um lugar de expositor que já não mantinha há alguns anos, quando tinha optado por apresentar as novidades fora do espaço da feira em Berlim, na Alemanha. Com uma agenda bem artilhada para os jornalistas, o SAPO TEK teve acesso a uma pré-apresentação das novidades, ainda antes da conferência oficial que está a decorrer hoje, com início às 14 horas locais, 13 horas em Lisboa.

E, como seria de esperar, toda esta preparação vem acompanhada de uma série de novos produtos, com um novo smartwatch VivoWatch SP, novas versões do portátil de dois ecrãs ZenBook Duo e uma linha nova de produtos para criativos, a ProArt, que inclui estações de trabalho para criadores, o ProArt StudioBook, que chega ao mercado no último trimestre deste ano. Foi ainda apresentado um ecrã portátil, o ScreenPad 2.0, e uma nova versão do smartphone de gaming ROG Phone II, que vai chegar ao mercado português em breve.

O novo VivoWatch SP segue algumas das linhas do modelo anterior mas tem agora um design mais próximo de um relógio tradicional, e vem equipado com uma série de sensores para garantir a monitorização do estado de saúde, sono e atividade desportiva dos utilizadores. O relógio pode medir os sinais vitais, com ECG e PPG, mas também os níveis de stress e de oxigénio no sangue.

Em 15 segundos consegue mostrar se o utilizador está stressado, avaliando os níveis dos indexes LF  HF – sistemas nervosos simpáticos e parassimpáticos. Em menos de 1 minuto consegue fazer uma avaliação geral do estado de saúde, o que pode ser assustador mas que contribui para uma monitorização da qualidade de vida que a Asus quer garantir, utilizando também a tecnologia Health AI da marca.

O principal destaque vai também para os 14 dias de duração da bateria, que a Asus garante que são possíveis com a utilização de um MCU de baixa potência, o display refletivo e a capacidade de ligar e desligar funcionalidades de forma inteligente para poupar energia.

O smartwatch é resistente à água, pode ser usado para nadar, e tem todos os sensores esperados, desde o GPS ao altímetro. Ainda não há data para comercialização em Portugal, nem preço para venda a público, mas a Asus Portugal confirma que deve chegar ao mercado nacional nos próximos meses.

Notebooks mais criativos

Entre as novidades que a Asus trouxe à IFA conta-se um novo ZenBook Duo, que já tinha sido prometido aquando do lançamento do ZenBook Pro Duo, um modelo mais pequeno e mais barato, sem ecrã principal tátil, que se torna mais acessível para o comum dos mortais.

A integração de um segundo ecrã na zona do teclado é uma inovação que precisa ainda de ser explorada em termos de modos de utilização, mas a tecnologia acaba por ser fácil de utilizar e torna-se prática para manter várias janelas abertas. Um calendário, um bloco de notas, o chat ou mesmo um teclado de piano foram alguns dos exemplos mostrados na pré-conferência. Ao todo é possível ter como que 4 ecrãs em simultâneo, mas ainda não no modelo de dobradiça dupla que a Asus já mostrou com o Honeycomb Glacier.

A nova versão do ZenBook Duo tem um ecrã principal de 14 polegadas e não de 15,6 polegadas como o Pro Duo, tornando-se mais fino e leve, com um peso de 1,5 kg. A Asus adianta ainda que tem mais 28% de duração da bateria, durando 16 horas com os dois ecrãs ligados, ou 22 horas se desligar o segundo ecrã.

Este modelo deve chegar “em breve” a Portugal já com a décima geração de processadores Intel e o preço que foi adiantado deve rondar os 1.700 euros.

O ZenBook Pro Duo vai estar à venda a partir de hoje nos mercados internacionais e o preço é de 2.999 euros.

Para o mercado de criadores a Asus tem ainda novidades, com uma nova linha completa de portáteis Asus ProArt StudioBook. São estações de trabalho móveis que foram desenhadas para as necessidades dos criadores e que apostam num ecrã com menos moldura, o que aumenta o rácio de utilização e faz com que um laptop de 17 polegadas possa caber num chassi de 15 polegadas.

A marca garante ainda que apesar de poderoso, este é o portátil mais silencioso do mundo para criadores, com menos de 39 decibéis de ruído gerado. A dissipação de calor é um dos “truques” para conseguir reduzir o aquecimento e o ruído associado às ventoinhas, mas a arquitetura foi também redesenhada para aumentar a velocidade de processamento e renderização de vídeos e imagens, ligando o armazenamento diretamente ao CPU.

Dentro da linha de notebooks cabe o ProArt StudioBook Pro X e o StudioBook One,que é o primeiro com RTX 6000 da Nvidia.

A pensar nas necessidades dos criadores, a Asus desenhou também um novo software para monitorizar a performance do portátil, podendo ajustar os parâmetros, e também para calibração da cor no ecrã. Com o SmartSync pode também ver no telemóvel o estado da renderização dos trabalhos que estão a ser feitos no computador, uma funcionalidade conveniente para manter a evolução debaixo de olho quando se está longe do portátil.

A linha ProArt Studio vai ter vários modelos que vão chegar ao mercado no quarto trimestre deste ano e os preços não foram ainda revelados.

O SAPO TEK está a acompanhar todas as novidades da IFA 2019 e pode seguir todas as notícias que estão a ser relevadas na feira de eletrónica de consumo em Berlim.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.