O projecto Liberty
Alliance
, um consórcio industrial que procura padronizar a autenticação e a identificação perante serviços Web, divulgou na terça-feira uma versão provisória da segunda fase das suas especificações, juntamente com um conjunto de princípios sobre segurança e privacidade e um guia de melhores práticas para estas áreas.

Composta por cerca de 160 companhias que desenvolvem interfaces padrão para sistemas de identificação em serviços Web como a AOL, American Express, General Motors e HP, esta associação surgiu em 2001 como uma iniciativa da Sun Microsystems para concorrer com o sistema Passport da Microsoft. O consórcio espera incorporar sugestões à versão final que deverá estar pronta no terceiro trimestre do ano.

As novas especificações disponibilizam um método de descobrir, partilhar e autenticar informação e atributos pessoais, com base num sistema de
permissões, através de qualquer plataforma da Web ou dispositivo ligado em rede. Para além disso, suportam e incluem uma série de padrões industriais, como o SAML, SOAP, WAP, WS-Security e XML.

Liberty Identity Federation Framework (LD-FF) para o registo único e individual em sites, que integra funcionalidades que permitem manter o anonimato do utilizador, o Liberty Identity Web Services Framework (LD-WSF) e a Liberty Identity Service Interface Specifications (ID-SIS), que disponibiliza as informações necessárias para desenvolver serviços Web de identidade.

Os princípios sobre melhores práticas de segurança e privacidade descrevem normas gerais de privacidade e práticas correctas de divulgação de informação, disponibilizando ainda orientação para a criação de serviços de identidade. O consórcio anunciou a entrada de quatro novos membros para o seu quadro de direcção: a Fidelity Investments, Novell, Ericsson e VeriSign.

A aliança afirmou recentemente que está a contribuir com a versão 1.1 das suas especificações federadas de identidade em redes para o grupo OASIS de padrões para
serviços Web para que possam ser incorporadas em versões futuras da
Security Assertion Markup Language (SAML). Em paralelo, a Sun
Microsystems e a NeuStar anunciaram na segunda-feira que vão colaborar no
desenvolvimento de uma tecnologia baseada nas especificações Alliance. No
mesmo dia, a Novell discutiu os seus planos para a concepção de tecnologias baseadas nessas mesmas especificações.

Notícias Relacionadas:
2002-07-25 - Sun
anuncia software compatível com a especificação Liberty Alliance
1.0

2002-07-11 - Liberty
Alliance prestes a lançar especificação de software

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.