Incorporando suporte de vídeo, componentes de aplicações e funcionalidades de acessibilidade, o Flash MX, a nova versão do software de animação anunciada hoje pela Macromedia, está a ser promovido pela companhia um recurso completo para conceber e construir a 100 por cento páginas Web e aplicações associadas, o que representa um grande salto em relação à função inicial do software.



Entre as funcionalidades prometidas pela produtora de software estão formulários baseados na Web que não reencaminham os utilizadores para o ponto de partida, no caso de faltar alguma informação, e ecrãs de transacção rápidos. Com data de lançamento prevista para o dia 15 de Março, o Flash MX será um conjunto de ferramentas para criar aplicações e páginas Web.



Em simultâneo, será também disponibilizado a partir desse dia o Flash Player 6, uma nova versão da aplicação gratuita que é guardada nos PCs para exibir conteúdos Flash. Enquanto este pode ser transferido gratuitamente a partir do site da Macromedia, o Flash MX irá custar 499 dólares (575 euros) pela versão completa ou 199 dólares (230 euros) para a actualização a partir de uma versão anterior.



O Flash MX vai ser lançado em versões para os sistemas operativos Windows e Mac OS, incluindo suporte para o Mac OS X, a nova plataforma da Apple. Inicialmente, o software estará disponível em inglês, francês, alemão e japonês. Numa data posterior, serão comercializadas versões em chinês simplificado e tradicional, italiano, coreano, português, espanhol e sueco.



Entre o conjunto de novas funcionalidades inseridas no Flash MX, contam-se uma série de módulos que permitem que os Web designers adaptem automaticamente os conteúdos para PDAs, telemóveis e televisão interactiva, além de outros dispositivos ligados à Internet, e um leitor de media incorporado, baseado no leitor de vídeo da Sorenson, que se destina a exibir vídeos como partes de páginas Web criadas com Flash - permitindo que o utilizador visualize o vídeo dentro de um ambiente Flash, uma perspectiva que contrasta com a dos leitores externos de vídeo, como o RealPlayer da RealNetworks e o Windows Media Player da Microsoft.



O Macromedia Flash MX integra ainda componentes de interface pré-construídos, o que permite que os designers não tenham que escrever código para barras de scroll, list boxes e outros elementos comuns de uma página da Web, que desta maneira podem ser facilmente personalizados. A produtora do software garante que a nova versão irá permitir a criação de sites empresariais que sejam substancialmente mais fáceis de navegar para os clientes e que tenham menores custos de manutenção.



O novo Flash é o primeiro de uma série de actualizações de produtos que a Macromedia pretende lançar nos próximos meses, em que se inclui a quinta versão do popular editor de HTML Dreamweaver e a nova versão do software servidor ColdFusion que a Macromedia ganhou com a aquisição da Allaire.


Notícias Relacionadas:

2001-11-14 - COMDEX Fall/2001 - Casio lança novo serviço com conteúdos de Macromedia Flash para PDAs

2001-09-12 - Windows XP integra Flash Player 5

2001-04-11 - Macromedia e Intel incorporam três dimensões na Web

2001-02-20 - Macromedia lança Flash Player 5 para Linux e Solaris

2000-05-19 - Real Networks adopta tecnologia Flash da Macromedia

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.