A Microsoft criou um logo que será transformado em autocolante que se destina a identificar os computadores capazes de correr o seu futuro sistema operativo Windows Vista, cujo lançamento foi recentemente adiado para o início do próximo ano. O novo logo assemelha-se ao já familiar ícone Microsoft Windows.



Para que exibam o novo logo identificativo, os novos PCs terão que correr o Windows XP e oferecer um minímo de 512 MB de memória interna. Ao mesmo tempo a gigante norte-americana exige que as máquinas trabalhem com a tecnologia DirectX 9 e integrem um chipset gráfico poderoso.



Os requisitos introduzidos com o símbolo garantem ao consumidor que a máquina adquirida entretanto vai conseguir correr a versão Windows Vista Home Basic, mas não necessariamente uma versão topo de gama do novo sistema operativo, salvaguardou a Microsoft, segundo o noticiado pela Newsfactor. A intenção é dar alguma segurança àqueles que pretendem adquirir um PC novo antes do lançamento do Windows Vista, indicam a gigante do software e os seus parceiros.



Com o adiamento do Windows Vista começou a especular-se sobre a influência que tal poderia ter no mercado dos PCs, nomeadamente que seria prejudicial para as vendas, uma ideia que a IDC acabou por "desfazer" em previsões recentes (ver Notícias Relacionadas).




Notícias Relacionada:

2006-03-28 - Adiamento de Windows Vista não condiciona previsões da IDC para o mercado europeu de PCs

2006-03-22 - Lançamento do Windows Vista atrasado para Janeiro do próximo ano

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.