Youssef Hamadi responsável por vários projectos da Microsoft Research em Cambridge esteve hoje em Lisboa para dar uma perspectiva do trabalho realizado na Europa pela unidade de investigação que dá suporte ao negócio e produtos na Microsoft na região. O tema foi também apresentado no Microsoft Research Academic Days Portugal, que decorreu nos últimos três dias em Vilamoura reunindo programadores, empresas e entidades de investigação nacionais e internacionais.



Em termos gerais, os objectivos desta e das restantes unidades de investigação do grupo são de "tornar cada vez mais user friendly as aplicações para PC, reduzindo e adequando os custos de computação". Segundo o mesmo responsável, a existência destes espaços - que dirigem o seu trabalho às necessidades da Microsoft e dos seus parceiros - têm também como objectivo "aumentar a produtividade dos programadores e encorajar os investimentos académicos em investigação, através de programas co-participados", explicou o investigador.



Num encontro informal com jornalistas, Youssef revelou que a unidade de Cambridge conta com um budget próximo dos 18 milhões de euros, para realizar projectos em quatro áreas de investigação prioritárias. Deste valor, 4 milhões de euros são aplicados em projectos externos, realizados em colaboração com universidades. Portugal não está para já ligado a nenhum dos 20 projectos em curso.



As quatro grandes áreas de investigação em Cambridge são System e Networking que inclui projectos na área dos sistemas operativos, redes sem fios ou computação distribuída; Machine Learning e Perception onde encaixam projectos na área dos jogos para consola; Programming Principals and Tools e Network Interface onde os investigadores testam, por exemplo aplicações de videoconferência one to one aplicáveis a ambientes domésticos ou pequenos negócios.



A Microsoft Research está presente nos cinco continentes, cobrindo 55 áreas de investigação e empregando 700 pessoas. Em Cambridge estão 40 investigadores de diversos países e dois são portugueses. Do trabalho realizado por esta unidade resultaram já 25 patentes.



Notícias Relacionadas:

2004-04-27 - Microsoft inaugura centro de investigação na Alemanha

2002-07-26 - Microsoft aumenta despesas em I&D e pretende recrutar cinco mil novos funcionários

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.