Elon Musk é um homem bastante ambicioso e tem a seu comando algumas das empresas mais mediáticas e inovadoras dos últimos tempos. E entre os carros autónomos da Tesla até aos avanços espaciais da Space X, Musk ainda tem tempo para se concentrar em escavar túneis com a The Boring Company.

À primeira vista não existe grande ligação entre as ideias de cada empresa mas, durante a sua presença na Internacional Space Station Research and Development (ISSR&D) Conference, em Washington, Elon Musk deixou no ar a hipótese de utilizar os conhecimentos adquiridos na escavação de túneis em Marte - mas claro que não será para os carros.

Musk referiu que, em Marte, vão haver imensas escavações por causa do gelo e de outros materiais mas, como homem visionário que é, fala ainda da teoria de "depois, construir habitats subterrâneos onde se pode conseguir ter uma proteção contra a radiação. É possível construir até uma cidade inteira debaixo de terra se quisermos".

O presidente da Space X foi ainda mais a fundo no assunto e disse que "as pessoas vão continuar a querer vir à superfície de vez em quando, mas é possível construir uma enorme quantidade de coisas com a quantidade certa de tecnologia "aborrecida" em Marte".

Musk assumiu ainda estar ciente dos perigos para a saúde humana, que uma viagem a outro planeta pode implicar, mas não acredita que esse seja um fator que impeça alguém de o fazer.

"É arriscado, perigoso, desconfortável e podem até morrer. Agora, querem ir? Alguns vão responder imediatamente 'claro que não!' e outros vão dizer "claro que sim!'", concluiu o empresário esclarecendo que tudo o que é preciso é "um escudo moderado que consiga cortar uma grande percentagem da radiação".

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.