A KIA acredita que os carros autónomos devem melhorar a experiência dos passageiros e para tal, vai utilizar sistemas de inteligência artificial para reconhecer as emoções das pessoas. Para tal fez uma parceria com o MIT para desenvolver um sistema, referido como pioneiro, chamado READ (Real-time Emotion Adaptive Driving).

O sistema analisa as emoções dos passageiros através de reconhecimento biométrico e inteligência artificial. Nesse sentido, o habitáculo pode ser modificado em função da disposição dos ocupantes.

A fabricante explica que o sistema foi desenvolvido para criar uma maior interatividade na cabine do veículo, convergindo tecnologia de controlo e inteligência artificial, baseado na leitura de emoções. Nesse sentido, o sistema READ manterá uma comunicação continua entre os as pessoas e os veículos através de sentimentos e emoções”, segundo é referido no comunicado, via Digital Trends.

A KIA vai levar para a CES, que se realiza no início de janeiro, uma demonstração do sistema, prometendo começar a testar os carros autónomos num ambiente de cidades inteligentes em 2021.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.