Com uma guitarra como pano de fundo, Steve Jobs abriu às 18 horas o tradicional evento de Setembro da Apple, este ano em directo também para a Europa, numa transmissão via satélite da conferência nos Estados Unidos.

As novas lojas da marca mereceram as primeiras palavras, nomeadamente a segunda loja do grupo na China, mas também em Londres, onde a empresa também passou a assegurar uma segunda presença directa. No total existem hoje 300 lojas Apple, em 10 países, que chegam a atingir um milhão de visitantes diários.

Mais alguns números abriram a sessão. A empresa já vendeu 120 milhões de cópias da nova versão do sistema operativo que alimenta o iPhone e o iPad, o iOS, e conta com 230 novas mil activações por dia do software. Na App Store as vendas atingiram já os 6,5 mil milhões, a um ritmo de 200 downloads por segundo.

Dos primeiros números o presidente da Apple salta para as primeiras novidades, revelando que nos próximos três meses o iOS vai sofrer upgrades. O primeiro já na próxima semana e um outro em Novembro. iPhone e iPod Touch recebem as primeiras novidades, iPad as seguintes.

Na versão que estará disponível já a partir da próxima semana serão corrigidas falhas e disponibilizadas melhorias ao nível do suporte para jogos (Game Center) e fotografias.

Na versão que disponibiliza em Novembro, a Apple introduz no sistema operativo a possibilidade de impressão via wireless e o AirPlay, que vem garantir streaming áudio, vídeo e fotos, via WiFi.

No domínio dos iPods, estrela principal do evento de música, Jobs mostrou novas linhas de equipamentos, que pretendem contribuir para aumentar o número de leitores de música digital já vendidos pela fabricante este ano, 275 milhões.

O Shuffle perde tamanho, ganha playlists e botões. O novo Nano passa a contar com uma interface multi-toque (que absorve algumas teclas), mais bateria (24 horas) e também perde tamanho, 46% face ao modelo anterior.

O iPod Touch, que o responsável sublinha ter-se já tornado a plataforma portátil de jogos mais popular dos Estados Unidos (com 1,5 mil milhões de jogos descarregados na App Store, só para este suporte), ganha 4 vezes mais pixéis (para 326 ppi). Passa também a permitir videoconferência - graças ao suporte para o FaceTime, a mesma tecnologia integrada no novo iPhone, com quem os utilizadores do dispositivo também vão poder comunicar. Uma câmara traseira também passa a permitir gravação de video em HD, no novo iPOd Touch, suportado no chip Apple A4.

O novo Touch está disponível para pré-reserva a partir de hoje e as vendas começam na próxima semana. Estará disponível em três versões, de 8, 32 e 64 GB, com preços a partir dos 229 euros.

O iTunes também se renova para acolher os novos equipamentos. A versão 10 da loja de música, que soma 11,7 mil milhões de músicas descarregadas, 35 mil livros e 100 milhões de filmes, ganha um novo logo, torna-se mais fácil de utilizar e já está disponível para 23 milhões de utilizadores em 23 países.

Também disponível a partir de hoje fica uma nova rede social dedicada à música. Chama-se Ping e visa facilitar a vida a quem quer ter uma maior noção da actividade dos amigos no serviço de música e a privacidade é fácil de garantir, assegura Steve Jobs.

Para o fim da intervenção ficou guardada a novidade que fazia correr rumores ao longo dos últimos dias: a Apple lançou mesmo uma nova versão da Apple TV.

Na segunda geração o dispositivo também perde tamanho - tem um quarto das dimensões da primeira versão do equipamento, cabe na palma da mão - e ganha novos serviços. Conta com uma entrada HDMI, ligação Ethernet e suporte para WiFi. Permite apenas o aluguer de conteudos.

Para o arranque, a Apple assegurou acordos com a ABC e Fox que vão alimentar o serviço com filmes e shows de TV (a 4,99 e 0,99 dólares, respectivamente), mas Jobs mostrou-se confiante de que será rápido o movimento de adesão de outros estúdios à nova proposta da Apple. O preço é de 99 dólares, contra os anteriores 229 dólares, e a integração com outros dispositivos da marca, como o iPad, fica garantida a partir de Novembro com a actualização do iOS para a versao 4.2. A nova Apple TV chega num mes aos Estados Unidos, Reino Unido, Irlanda, França e Alemanha.



Nota de redacção: Redigido a partir do evento da Apple no Reino Unido, onde o TeK esteve a convite da empresa.

Cristina A. Ferreira

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.