A plataforma Ionic foi criada em 2013 pela Drifty e está centrada no desenvolvimento de aplicações web para mobile e desktop, num modelo híbrido baseado em open source. Com a aquisição, a OutSystems pretende juntar a tecnologia e competências ao OutSystems Cloud e ambientes de desenvolvimento nativos na cloud, mas vai manter operações independentes, explica a empresa.

A aquisição acaba de ser anunciada e é um novo passo para reforçar a tecnológica de origem portuguesa, que atingiu o estatuto de unicórnio em 2018 e que se tem destacado na área de low code. O valor da compra não foi revelado.

“Nós fundamos a OutSystems para ajudar o cliente a inovar mais rapidamente e mudar fundamentalmente a forma como o software empresarial é desenvolvido. A Ionic é uma continuação e expansão dessa visão”, explica Paulo Rosado, fundador e CEO da OutSystems.

"Em conjunto, a OutSystems e a Ionic irão ajudar os líderes tecnológicos a transformarem a forma como criam, entregam e atualizam continuamente aplicações críticas para os negócios com foco em qualidade, desempenho, segurança e escala", refere a empresa.

Segundo partilhado em comunicado, “a equipa, a tecnologia e a comunidade da Ionic são parte integrante da nossa estratégia, à medida que redefinimos o futuro do desenvolvimento de software. Tal como nós, a equipa da Ionic está focada em criar a melhor experiência para os developers. Juntos, faremos ainda mais para ajudar as equipas de software empresarial a melhorarem massivamente o seu desempenho e a fornecerem aplicações estratégicas, que anteriormente só eram alcançáveis ​​por equipas de desenvolvimento de elite com orçamentos e recursos ilimitados".

A ideia é sublinhada também por Max Lynch, co-fundador e CEO da Ionic, que afirma estar "extremamente orgulhoso" do que a Ionic e a comunidade realizaram, adiantando que "sei que, juntas, a Ionic e a OutSystems serão uma força imparável no desenvolvimento de aplicações empresariais”.

A Ionic é a criadora de muitos projetos de open source, incluindo o Ionic Framework, um kit de ferramentas de interface do utilizador mobile, o Capacitor, uma ferramenta para implementação nativa de aplicações web, e o Stencil, uma cadeia de ferramentas para construir sistemas de design baseados em componentes da web.

Em comunicado as empresas indicam que os produtos comerciais e de open source da Ionic são usados ​​por mais de cinco milhões de programadores em todo o mundo, capacitando centenas de milhares de aplicações em lojas.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.