Citado por vários sites de tecnologia, a Technalysis Research, fundada por um antigo analista da IDC, defende que o formato de cinco polegadas será cada vez mais usado pelos fabricantes, que progressivamente deixarão de lado os ecrãs mais pequenos.



Com as preferências nos tablets hoje muito centradas nos modelos de 8 polegadas os dois mercados tendem a convergir, o que obrigará os fabricantes a reagir com uma maior aposta na diferenciação.




A empresa de estudos de mercado estima que em 2014 serão vendidos 175 milhões de phablets, um número superior ao do ano que agora termina, quando foram vendidos 165 milhões de unidades de tablets de dimensões mais reduzidas.



A empresa defende ainda que a maior procura de phablets vai gerar alguma canibalização em relação aos tablets mais pequenos, obrigando os fabricantes destes equipamentos a apostar em modelos maiores e com mais fatores distintivos em relação ao conceito de phablet. Os mercados onde se estima que a procura de phablets seja maior é nos países onde o formato já hoje se revela popular, como a China, Brasil, ou Coreia.

Escrito ao abrigo do novo Acordo
Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.