A polícia de Lincolnshire, em Boston, utilizou um drone equipado com uma câmara térmica para encontrar uma rapariga adolescente que tinha ligado para reportar uma violação. A vítima, de apenas 16 anos, conseguiu descrever o ambiente envolvente em detalhe e foi facilmente detetada pelo aparelho voador. O incidente aconteceu no passado sábado.

Com a descrição dada pela rapariga, que ainda se encontrava acompanhada pelo agressor, a polícia conseguiu perceber que a mesma se encontrava num complexo industrial, onde as vedações altas não facilitavam o acesso. Em consequência, as autoridades encontraram no drone a solução adequada para "espreitar" para dentro do complexo. A rapariga e o suspeito foram encontrados em poucos minutos, uma vez que a câmara foi capaz de identificar duas fontes de calor entre os edifícios.

Um homem de 30 anos foi detido na sequência desta denúncia, por suspeitas de violação.

A polícia de Lincolnshire tem encontrado nos drones a solução para muitas denúncias. Recentemente, as autoridades foram alertadas de que um homem com demência se encontrava desaparecido. O indivíduo foi rapidamente encontrado num descampado, à noite, graças a esta mesma câmara térmica. A tecnologia tem revelado ser de grande utilidade para encontrar suspeitos, fugitivos e vítimas durante a noite, uma vez que as ruas se encontram mais vazias e as pessoas são das poucas fontes de calor que existem à vista.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.