Ao longo dos próximos dias o TeK dará destaque às empresas portuguesas que este ano asseguram uma presença direta na CeBIT. A feira alemã, que arranca no próximo dia 5 de março, é um dos maiores eventos mundiais do sector das Tecnologias da Informação. É um marco incontornável para muitas empresas com ambições internacionais e uma montra indispensável para dar a conhecer produtos e procurar novos contactos com potenciais clientes ou parceiros.



Portugal faz-se este representar no evento com sete empresas: Aveidigital, IPBrick, SDILAB, Vortal, Freedom Grow, DLC e Novatronica. Na mesma lista figurava inicialmente também a Eurotux, que em 2012 se estreou em Hannover, mas que optou por não repetir a presença e deixar cair a pré-inscrição. Hoje damos destaque à Vortal.



A empresa portuguesa, especialista em plataformas de contratação e licitação eletrónica, vai a Hanover mostrar uma nova oferta, que dirige ao sector público e privado.

A nova Vortalnext> foi lançada no passado dia quatro de fevereiro, pelo que a feira surge na altura certa para apoiar a divulgação e a estratégia de internacionalização que a empresa tem montada.



A plataforma está traduzida em sete idiomas e aplica uma metodologia de desenvolvimento ágil baseada em modelos, que incorpora "best practices de métodos de trabalho iterativo e incremental (Agile/Scrum) e de modelação no processo de desenvolvimento de software (MDA - Model Driven Architecture)", explica a empresa.



A participação na CeBIT é uma estreia, mas nos últimos anos a empresa portuguesa tem marcado presença em vários eventos internacionais, uma estratégia que é para continuar e que ainda este ano se materializará na participação em mais feiras e outros eventos promocionais. A prioridade vai para países onde a empresa já está ou onde pretende explorar novas oportunidades. República Checa, Espanha, França, Inglaterra, Hungria, Áustria ou Bélgica destacam-se neste leque.



Em Hanover o objetivo da Vortal é estudar novas possibilidades de expansão internacional e trabalhar as que já estão a ser exploradas pela empresa desde 2010, ano em que iniciou o processo de internacionalização.



A plataforma que a empresa vai mostrar na feira representa um investimento de três milhões de euros, realizado ao longo dos últimos três anos, em mais de 90 mil horas de trabalho de conceção, desenvolvimento e testes. A Vortalnext> vai servir mais de um milhão de clientes.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Cristina A. Ferreira

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.