Recentemente surgiu uma empresa que viu uma oportunidade de vender capas personalizadas para a PlayStation 5, depois de ter visto o “teardown” oficial da consola. Com o sugestivo nome de PlateStation, a empresa aproveitou o facto de as capas serem relativamente fáceis de retirar e substituir, para oferecer cores alternativas à versão branca que vai ser comercializada a partir de 19 de novembro.

O negócio parece não ter sido bem visto pelos executivos da Sony, e como avança o Videogames Chronicle, a empresa foi obrigada a cancelar os pedidos e forçados a parar com a venda das capas. Segundo declarações da empresa, antes de avançar com o negócio, a empresa fez uma investigação sobre as patentes das capas e considerou que por estarem em estatuto de pendente, que não haveria problema em avançar.

O primeiro aviso terá sido uma comunicação dos advogados da Sony a referirem que o nome PlateStation infringia direitos pela similaridade com o nome da consola. A empresa acabou por rebatizar o negócio, passando a chamar-se CustomizeMyPlates.com, mantendo ainda os produtos à venda.

A empresa voltou a ser contactada pelos advogados, referindo que a propriedade intelectual da Sony se estendia aos faceplates, e no caso de continuar a vender e a distribuir as capas em qualquer país, seria intimada com uma ação judicial. “Estamos agora a cancelar e a devolver o dinheiro das encomendas feitas até agora a nível mundial. Estamos muito desapontados com isto, mas não temos outra opção”, referiu o representante da empresa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.