Ao mesmo tempo que tornou pública a versão preliminar de uma especificação para a Vanderpool, a Intel avançou que irá começar a implementar a tecnologia de virtualização nos seus chips Pentium, destinados a computadores desktop, um ano antes do inicialmente previsto.



Era esperado que a tecnologia, que permitirá correr vários sistemas operativos num mesmo computador, integrasse a gama Itanium, para servidores, até ao final de 2005, mas a sua disponibilização em PCs só deveria acontecer em finais de 2006. Deste modo, surgirá nos chipsets e processadores para computadores desktop e servidor ao mesmo tempo, adianta a Intel em comunicado.



A Vanderpool, que, essencialmente, divide os recursos dentro desse PC ou
servidor para que o mesmo possa funcionar como duas ou mais máquinas independentes, faz parte de um conjunto de tecnologias que a Intel desenvolveu para os seus chips com o objectivo de melhorar o desempenho ou versatilidade computacional dos mesmos, sem necessariamente aumentar os índices de consumo de energia.



Outras melhorias, como a tecnologia Hyper Threading, permitem a um chip lidar com múltiplas funções ao mesmo tempo, enquanto a Active Management Technology, ou AMT, a introduzir no futuro, possibilitará a um administrador, por exemplo, encerrar um PC remotamente.



Notícias Relacionadas:

2005-01-19 - Intel actualiza linha de processadores para portáteis

2005-01-12 - Intel reporta resultados acima do esperado no quarto trimestre de 2004
2004-09-09 - Intel demonstra dual core e nomeia sucessoras da plataforma Centrino

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.