A Unidade Nacional de Combate ao Cibercrime e à Criminalidade Tecnológica (UNC3T) anunciou esta sexta-feira, em comunicado, a detenção de um homem de 31 anos de idade "pela presumível prática de crimes de burla informática, falsificação, acesso ilegítimo e branqueamento de capitais".

De acordo com esta unidade da Polícia Judiciária, a investigação apurou as provas necessárias para tomar o detido como suspeito de manipular dados sobre transferências bancárias e invadir os sistemas de correio eletrónico dos ordenantes das operações para proceder ao branqueamento dos valores desviados.

O suspeito abriu ainda contas em instituições bancárias com recurso a identidades falsas e a PJ adianta que os danos causados com este crime ascendem a mais de 400 mil euros.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.