A popularidade do DuckDuckGo começou a crescer à medida que o escândalo de espionagem da NSA ficou mais exposto. Isto porque o motor de busca é reconhecido por alguns internautas como a ferramenta de pesquisa a usar por todos os que valorizam a privacidade.



Agora surge a confirmação por parte do diretor executivo da empresa, Grabiel Weinberg, de que de facto o motor de busca deixou de estar disponível na China. Como revela a imprensa internacional, citando a ferramenta GreatFire.org, o primeiro bloqueio terá acontecido a 3 de setembro.






Este acaba por ser um revés significativo para a empresa e para os internautas chineses, sendo que esta era uma das ferramentas que permitia ultrapassar as limitações de Internet ao nível da restrição de conteúdos. E o DuckDuckGo acabava por ser uma das alternativas de primeira linha isto porque o próprio Google também já foi bloqueado pelas autoridades chinesas.



Ainda não se sabe quais os motivos que as autoridades chinesas terão evocado para bloquear o motor de busca.



A confirmação de bloqueio chega pouco tempo depois de a empresa ter tido um reconhecimento importante por parte da Apple – é um dos motores de busca que pode ser definido como padrão no iOS 8.



Ao marcar presença em vários milhões de dispositivos móveis o DuckDuckGo pode ver a sua base de utilizadores aumentar nos próximos meses.



Aquele que é considerado como um dos mais privados motores de pesquisa online foi renovado há pouco tempo, tendo recebido um conjunto significativo de novas funcionalidades.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.