A plataforma OpenCourseWare, do Massachussets Institute of Technology, tem como objectivo a disponibilização gratuita e global dos cursos leccionados naquela e noutras faculdades, através da internet, com a publicação online de materiais didácticos, incluindo vídeos de aulas e palestras, transcrições, testes e bibliografia aconselhada.

A iniciativa, fundada em 2002 pelo MIT, com o apoio das fundações William and Flora Hewlett e Andrew W. Mellon, juntou-se em 2005 a outros projectos de ensino livre, para a formação do OpenCourseWare Consortium, contando actualmente com a participação de mais de 100 universidades a nível mundial.

O MIT disponibiliza a maior parte dos seus cursos através do OpenCourseWare, com o site a receber cerca de 1 milhão de visitas por mês e as versões disponíveis em diversas línguas a atingirem as 500 mil visitas por igual período.

A consulta do serviço é gratuita, tendo o MIT uma despesa estimada de 20 mil dólares por curso, financiados pelo orçamento da própria instituição, donativos e contribuições diversas.

Apesar de já estarem disponíveis, através do OpenCourseWare, cursos inteiros, compreendendo todos os anos de um grau académico, estes não conferem qualquer tipo de qualificação oficial.

Projectos semelhantes incluem ao iTunes U, com material gratuito de mais de 28 universidades, e oOpen Educational Resources Video Lecture Project, da universidade de Yale.

Segundo o Sloan Consortium, um grupo norte-americano de e-learning, cerca de 3,5 milhões de estudantes americanos, correspondendo a cerca de 20 por cento dos estudantes em cursos superiores, encontram-se matriculados em pelo menos uma disciplina online.

Notícias Relacionadas:

2007-04-23 - Novell integra iniciativa de ensino e apresenta nova certificação focalizada em desktop Linux

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.