A análise da Nielsen Online, empresa de análise de mercado que mede o tráfego online, mostra que o Facebook foi o site mais visitado nos Estados Unidos em Abril, registando um crescimento de 700 por cento face ao mesmo mês do ano passado.

Só durante o mês de Abril, o site absorveu 13,9 mil milhões de minutos dos internautas. A plataforma tornou-se tão popular que vários líderes mundiais, e até o Papa Ratzinger, têm um perfil no Facebook.

Estes resultados vêm retirar o título ao MySpace, que detinha a preferência dos americanos no que respeita a redes sociais e se vê atirado para o segundo lugar do ranking. Continua, no entanto, a ser o que regista maior tráfego de vídeos.

Numa altura em que já tudo passa pelas redes sociais e se discute qual o valor de mercado de sites como o Facebook e o MySpace, a grande conclusão a retirar deste estudo é a volatilidade das preferências dos utilizadores.

O porta-voz da Nielsen Online, Jon Gibs, diz que "o único dado adquirido sobre as redes sociais é que independentemente da velocidade a que um site está a crescer ou quão importante se tornou, pode sempre cair em flecha nas preferências dos utilizadores". Os consumidores já mostraram que rapidamente conseguem transferir os seus perfis e redes sociais de uma plataforma para outra.

O Blogger, o Tagged.com e o Twitter.com ocupam os 3º, 4º e 5º lugares da tabela dos sites a que os utilizadores norte-americanos dedicam mais tempo.

Impressionante é a utilização aos serviços do Twitter, que cresceu 3.712 por cento com relação ao ano passado, embora mais de 60 por cento dos utilizadores que aderiram tenham abandonado o serviço um mês depois da inscrição.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.