Em dezembro do ano passado, o Instagram lançou novas funcionalidades concebidas para proteger os mais novos num conjunto de países selecionados. Agora, a empresa da Meta anuncia o lançamento do Family Center: um espaço na rede social onde pais e educadores podem aceder a ferramentas e recursos de controlo parental.

Segundo Adam Mosseri, responsável pelo Instagram, o lançamento do Family Center é o “primeiro passo de uma longa viagem para desenvolver ferramentas de supervisão intuitivas”, num processo que conta com a participação de especialistas, mas também de jovens e pais.

Como explica o responsável, a visão da empresa é que o Family Center seja um local central capaz de dar aos pais e educadores a possibilidade de ajudarem os jovens a terem experiências mais saudáveis ao longo de todas as plataformas da Meta.

Clique nas imagens para mais detalhes

O Family Center inclui um espaço dedicado onde os pais e educadores podem aceder a recursos desenvolvidos por especialistas, assim como a artigos úteis, vídeos e dicas sobre como falar com os adolescentes sobre redes socais. Aqui há um conjunto de ferramentas de supervisão para pais e educadores que chegam agora aos Estados Unidos e que estarão disponíveis a nível internacional ao longo dos próximos meses.

De acordo com Adam Mosseri, as ferramentas vão permitir ver quanto tempo é que os mais novos passam no Instagram e estabelecer limites de utilização; receber notificações quando os adolescentes partilham que reportaram algum utilizador; receber updates sobre as contas que são seguidas pelos jovens e que conta é que os seguem. Ao longo dos próximos meses, a empresa pretende adicionar funcionalidades adicionais.

Instagram lança novas funcionalidades para proteger adolescentes na rede social
Instagram lança novas funcionalidades para proteger adolescentes na rede social
Ver artigo

Há também ferramentas de controlo parental que vão chegar aos dispositivos de realidade virtual da Meta nos Estados Unidos. Em abril, a empresa vai expandir as funcionalidades relacionadas com o padrão de bloqueio, de modo a que os pais possam impedir os mais novos de acederem a conteúdos que não sejam apropriados.

Já em maio, a Meta vai proibir adolescentes de fazerem o download de aplicações que, de acordo com o standard da International Age Rating Coalition (IARC) não são apropriadas. Na “calha” está também um dashboard para pais, com várias ferramentas de controlo parental.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.