Criada em 2015 pela Google em parceria com jornais europeus e algumas organizações europeias líderes na área do jornalismo, a Digital News Initiative (DNI) pretende incentivar o desenvolvimento de um ecossistema de notícias sustentável e promover a inovação no jornalismo digital.

Desde o lançamento do fundo de inovação DNI foram “oferecidos mais de 90 milhões de euros a mais de 460 projetos ambiciosos de jornalismo digital em 29 países”, refere Ludovic Blecher, em nome da equipa do fundo de inovação da Google. O compromisso assumido pela Google em 2016 foi de 150 milhões de euros para apoiar a inovação na indústria europeia de media.

Hoje, quarta-feira, o DNI abriu a quinta ronda de candidaturas, que decorre até 9 de Abril e cujos resultados serão divulgados em meados de Julho, anunciou a Google em comunicado, esclarecendo que são procuradas abordagens inovadoras e novas ideias experimentais que “diversifiquem as fontes de receitas”. Já os projetos protótipos não precisam de ter a componente de monetização e serão definidos em função da inovação.

"Tal como na quarta ronda, todas as candidaturas a projetos de financiamento médio e grande terão de demonstrar que têm uma componente de monetização agregada à ideia apresentada. Estes projetos deverão mostrar indicadores que revelem o potencial para criar e acrescentar valor económico ao negócio", adiantou  Ludovic Blecher.

O fundo DNI atribuiu, em dezembro passado, 1,06 milhões de euros a quatro projetos de jornalismo digital portugueses, entre os quais a Global Media e a Impresa.

Na quarta ronda de financiamento, foi atribuído um total de 20,4 milhões de euros a 102 projetos de 26 países, sendo 47 protótipos, 33 projetos médios e 22 grandes projetos.

Nos últimos dois anos, o DNI distribuiu um total de quase 94 milhões de euros de financiamento a projetos de jornalismo digital.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.