A televisão da Google vai mesmo estrear este Outono nos EUA, confirmou o director executivo da companhia, Eric Schimdt, acrescentando que o serviço será disponibilizado "a nível mundial no próximo ano", reporta a Reuters.

O anúncio, que não foi acompanhado de mais detalhes, aconteceu hoje durante uma demonstração da Google TV conduzida pelo próprio, que teve lugar na feira de electrónica que decorre em Berlim, a IFA.

O serviço que a Google anunciou em Maio, depois de muita especulação sobre o assunto, pretende trazer funcionalidades como a navegação na Internet para o ecrã da televisão. Acrescenta também às tradicionais transmissões televisivas a possibilidade de usar aplicações baseadas em Android, jogos ou serviços como redes sociais e o YouTube, como o TeK já tinha escrito.

A empresa assegura o serviço através de parcerias com fabricantes, como a Sony, Intel e Logitech - que fornecem o suporte de hardware necessário - e produtores de conteúdos, mas a empresa já avisou que não deverá "aventurar-se" nesse campo.

"Vamos trabalhar com produtores de conteúdos, mas é muito pouco provável que entremos, de facto, na produção de conteúdos", esclareceu Eric Schmidt, citado pela agência.

Segundo a mesma fonte, a Sony confirmou a semana passada que já tinha chegado a acordo para integrar o serviço nas suas televisões e a Samsung disse que procurava assegurar a mesma possibilidade.

Outra das hipóteses agora avançadas, segundo a Fox, é a de os utilizadores poderem vir, de futuro, a controlar funcionalidades como a mudança de canal através da fala, recorrendo à tecnologia de reconhecimento de voz da companhia.

A semana passada surgiram também rumores sobre o lançamento de um serviço de música para concorrer com o iTunes, da Apple. Questionado pelos jornalistas, o CEO da companhia admitiu que existiam "planos para expansão" na área da música, mas recusou-se a fazer mais comentários.

Vários meios afirmam que a empresa estará actualmente em fase de conversações com as editoras discográficas para criar uma loja de música virtual, também com uma versão mobile, destinada aos utilizadores de telefones Android. A confirmarem-se os rumores, o serviço será lançado no Natal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.