(Corrigida) Perto de 63 por cento dos lares portugueses no continente já contam com acesso à Internet, valor que se traduz em 2,2 milhões de casas. Os números são da Marktest e mostram uma taxa de evolução positiva da adopção da tecnologia para os últimos anos.

Segundo o relatório anual de 2010 do Bareme Internet, a taxa de penetração do acesso à Web aumentou mais de 26 vezes nos últimos 14 anos, passando de 2,4 por cento em 1997 para os 62,9 por cento agora observados.

Relativamente às classes sociais, a Internet marca presença em 95,1 por cento dos lares da classe alta, baixando progressivamente até aos 21,9 por cento de classe baixa.

No Norte e no Sul do país o acesso à rede situa-se abaixo da média continental, chegando aos 72,1 por cento nos lares da zona da Grande Lisboa.

Quando as casas contam com um agregado familiar maior, a tendência é de um aumento no acesso,
já que nos lares com uma ou duas pessoas a taxa é de 38,9 por cento, muito inferior aos 83,4 por cento observados nos lares com mais de duas pessoas.

Do mesmo modo, nos lares com mais jovens, até aos 30 anos, a Internet marca presença em 91,2 por cento dos casos, contrastando com as casas habitadas por pessoas acima dos 60 anos (15,5%).

Nota da Redacção: A notícia foi corrigida depois da Marketest ter dado conta de uma gralha no estudo original, na análise por classes sociais.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.