O .pt atingiu um marco histórico novos endereços em 2018. No total, contabilizaram-se 107.850 novos registos diretos no domínio de topo português, segundo dados da Associação DNS.PT.

A entidade gestora acrescenta, numa nota enviada à imprensa, que o domínio de topo português continua a crescer mais do que a média europeia, estando no Top5 dos domínios europeus.

A Internet é um lugar estranho? Podemos concluir que o pior da Internet são as pessoas?
A Internet é um lugar estranho? Podemos concluir que o pior da Internet são as pessoas?
Ver artigo

Em 2018, ano em que se comemorou os 30 anos do .pt, essa evolução foi notória logo em janeiro, mês em que se criaram 10.693 novos domínios e se ultrapassou a marca total de um milhão de registos. Destaque também para os meses de março com 10.125 novos registos, outubro com 9.488, e novembro, em que se verificaram 9.870 novos registos.

“Para este crescimento tem contribuído um modelo de governação associativo e multiparticipado que permite uma gestão mais eficiente do .pt”, acredita Luisa Gueifão, presidente do Conselho Diretivo da Associação DNS.PT. “O objetivo da Associação DNS.PT é continuar a apresentar excelentes resultados e aprofundar uma das suas principais missões que é o desenvolvimento das competências digitais dos portugueses”, acrescenta a responsável.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.