A tendência é maior entre as faixas etárias mais jovens, diminuindo com o aumento da idade, revela uma análise recente do Observador Cetelem.

O relatório refere que entre os jovens dos 18 aos 24 anos, 65% tem por hábito consultar primeiro a Internet, contra 35% que recorre às lojas como primeira fonte de informação. Já 93% dos indivíduos entre os 55 e os 65 anos pesquisam primeiro nas lojas e só 6% o fazem online.

A mesma análise do Observador Cetelem indica que os portugueses continuam a dar muito valor à possibilidade de tocar nos produtos, com 64% dos inquiridos a afirmar que "valoriza" esta opção e 28% a dizer que "valoriza muito".

Experimentar os produtos na loja também é muito importante, "valorizado" por 67% dos consumidores inquiridos e "muito valorizado" por 25%.

O estudo em questão foi realizado em colaboração com a Nielsen, a 26 e 27 de junho, através de um inquérito quantitativo a 600 indivíduos de Portugal Continental, de ambos os sexos, entre os 18 e os 65 anos.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.