Afinal os óculos de realidade aumentada da Google - ProjectGlass - vão mesmo ser comercializados a partir do início do próximo ano. A confirmação foi feita pelos responsáveis da Google durante a recente edição da conferência anual Google I/O 2012, anunciando a sua comercialização restrita para programadores a partir de 2013, com um preço de 1.500 dólares - e cores.



Durante a conferência a Google aproveitou para anunciar mais detalhes sobre os seus ProjectGlass, bem como para mostrar alguns protótipos dos óculos aos programadores presentes. A ideia, segundo declarações de responsáveis da Google à Associated Press - citada pelo DailyHerald - , é aproveitar as contribuições desses programadores para efetuar melhorias nos ProjectGlass, bem como para o desenvolvimento de aplicações "que tornem os óculos ainda mais úteis".



"Isto é uma nova tecnologia e nós queremos mesmo que sejam vocês a moldá-la" afirmou o co-fundador da empresa, Sergey Brin, perante uma audiência de seis mil programadores, referindo ainda que a Google quer os ProjectGlass "nas mãos dos utilizadores o mais depressa possível".



Caso o projeto inicial "corra bem", a Google promete para 2014 uma versão mais acessível dos ProjectGlass para o consumidor final.



De acordo com a própria Google, os ProjectGlass terão aros táteis, câmara de fotos e vídeo, memória interna, ligação 3G/4G, acelerómetro e bússola digital, por exemplo.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.