A Meta está a preparar um novo "rival" do Twitter. De acordo com a empresa liderada por Mark Zuckerberg, a plataforma, que está a ser desenvolvida sob o nome de código “Project 92”, ou "P92", será uma rede descentralizada para partilhar publicações à base de texto e, agora, surgem novos detalhes sobre o projeto.

De acordo com informação avançada pelo website The Verge, a rede social, que poderá ser lançada com o nome “Threads” tendo em conta documentos internos, será baseada no Instagram e integrará o ActivityPub, o mesmo protocolo descentralizado que é utilizado pela plataforma Mastodon.

Meta | Project 42
créditos: The Verge

A integração do ActivityPub poderá permitir que os utilizadores da rede social usem as suas contas em outras plataformas que suportem o protocolo, levando também consigo os seguidores que têm.

Nas palavras de Chris Cox, Chief Product Officer (CPO) da Meta, durante a reunião interna onde foram apresentados novos detalhes sobre o projeto, a aplicação é a resposta da empresa ao Twitter.

Meta está a desenvolver uma nova rede social descentralizada que quer ser a próxima rival do Twitter
Meta está a desenvolver uma nova rede social descentralizada que quer ser a próxima rival do Twitter
Ver artigo

Segundo o responsável, a rede social, que começou a ser desenvolvida em janeiro, vai recorrer aos sistema de contas do Instagram para preencher de modo automático as informações dos utilizadores.

Para a Meta, o objetivo ter uma plataforma segura, fácil de utilizar e estável, realçou Chris Cox, acrescentando que a empresa tem ouvido de criadores, além de figuras públicas, que estão interessados em ter “uma plataforma que é gerida de uma forma sensata”, numa crítica ao Twitter. Como detalhado pelo responsável, a rede social será disponibilizada pela meta assim que for possível.

Ainda em maio, Lia Haberman, especialista da área de marketing online, tinha avançado numa newsletter alguns detalhes acerca do projeto da Meta, tendo por base informação partilhada por um criador com quem a empresa tinha entrado em contacto.

Ao que tudo indica, a rede social dará aos utilizadores a possibilidade de fazerem publicações com textos até 500 caracteres, além de poderem incluir links, fotos e vídeos com durações até cinco minutos. À semelhança do que acontece em outras redes sociais, será possível interagir com as publicações através de likes e comentários, e partilhar posts feitos por outros utilizadores.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.