A tentativa de aprovar a polémica Ley Sinde está gerar uma nova onda de protestos em Espanha, onde um movimento de internautas tem entupido alguns sites. De acordo com vários meios de comunicação, o movimento Anonymous conseguiu deitar abaixo o site do Senado ontem e depois dirigiu o ataque aos sites de alguns partidos.

A nova vaga está relacionada com o fim do prazo para entrega de emendas à lei que foi chumbada no parlamento espanhol. A Lei, baptizada em "homenagem" à principal impulsionadora da iniciativa, a ministra da Cultura espanhola, Ángeles González-Sinde, previa o encerramento de sites que promovessem o download ilegal de ficheiros como uma das medidas de combate à pirataria online.

O jornal El Pais escrevia ontem que o site do Senado esteve offline depois das 19 horas e até às 19.40. O site do PP esteve também na mira desta operação, apesar de inicialmente o partido se ter oposto à aprovação da Lei, assim como o do PSOE e o do ministério da Cultura espanhol.

Os activistas estão a coordenar um ataque, que designam como Operação Lei Sinde, fornecendo links e ferramentas para quem se quiser juntar ao protesto.

A Ley Sinde já foi chumbada no Congresso, mas termina amanhã o prazo para entrega de emendas, tendo o Governo já mostrado o seu interesse em tentar a aprovação, defendendo que esta é uma proposta equilibrada, que não se compara com as legislações francesa, britânica ou norte-americana e que não criminaliza aqueles que descarregam os ficheiros.

Por isso o executivo espanhol procura obter um consenso com outros grupos políticos de forma a obter os votos necessários para fazer passar a lei.

Depois de encerrado o prazo para emendas, o projecto deverá ser debatido na Comissão e Economia, estimando-se que possa voltar ao Senado em meados de Fevereiro.

O movimento Anonymous tem vindo a protagonizar uma série de iniciativas de protesto na Internet ligadas à livre partilha de ficheiros, entre as quais se conta o apoio ao Wikileaks.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.