Setenta e dois por cento dos contribuintes que entregam as declarações de IRS na segunda fase, trabalhadores por conta própria, usaram a Internet para fazer chegar os seus formulários aos serviços tributários. O número representa um crescimento de 9 por cento face ao ano anterior, revelou o Governo.



A mesma fonte indica que entre os contribuintes da primeira fase a Internet foi utilizada por 36 por cento, número que representa um crescimento de 10 por cento face ao ano 2005.



Este ano além do alargamento de prazos para a entrega online das declarações de impostos, o Governo estabeleceu uma parceria com as juntas de freguesia para que fosse disponibilizado acesso à Internet e ajuda no preenchimento das declarações, como forma de incentivar a entrega por esta via. Foi também experimentado pela primeira vez um sistema de alertas que é o primeiro passo para um sistema de pré-preenchimento automático das declarações, que entrará em vigor em 2009.



Conforme o TeK já tinha noticiado, este ano usaram a Internet para entregar o IRS 2.119.341 contribuintes. Na primeira fase o serviço online da DGCI foi usado por 1.104.786 contribuintes, mais 41 por cento que no ano anterior. Na segunda fase usaram este canal 1.014.555 contribuintes, número que representa um aumento de 6,7 por cento face a 2005.



Notícias Relacionadas:

2006-05-15 - Mais de 2 milhões de contribuintes usaram a Internet para entregar IRS

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.