As fake news já fizeram correr muita tinta e já gastaram muitas teclas pelo mundo fora. Foram várias as entidades que começaram a aplicar um maior controlo e alguns filtros para tentar controlar a divulgação deste tipo de conteúdos. Entre elas encontra-se a Google e o Facebook.

Segundo o que o Washington Post apurou, o Twitter está agora a ponderar iniciar o combate aos conteúdos pouco verídicos e até mesmo às milhares de contas falsas que existem pela rede social fora. A ferramenta está a ser testada mas, estranhamente, a rede social não tem ideia de quando irá implementar essas medidas contra as fake news.

Esta situação não deixa de ser estranha devido aos tempos que se vivem em que o conteúdo fraudulento se espalha de maneira muito rápida e, dentro da própria rede social, o que não faltam são contas falsas. Tome-se por exemplo o Presidente Donald Trump que tem 49% dos seus seguidores identificados como contas falsas.

Ao ser aplicada, a nova ferramenta vai permitir aos utilizadores marcarem determinado conteúdo como sendo abusivo ou falso, ajudando assim a impedir a sua propagação. Esta medida pode ainda ser necessária para que o próprio Twitter não venha a ter problemas com a lei aprovada na Alemanha que pode levar a uma multa de até 50 milhões de euros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.