Quase metade dos internautas norte-americanos acede diariamente a sites de partilha de vídeos, como o YouTube. Estes acessos, sejam relacionados com a visita ou com a publicação de vídeos, levou a que o tráfego nestes canais duplicasse ao longo do ano passado.



De acordo com projecto Pew Internet and American Life, 48 por cento dos utilizadores de Internet visitaram sites de partilha de vídeos pelo menos uma vez para ver o publicar conteúdos ao longo de 2007, uma tendência que representa um crescimento de 15 pontos percentuais face à percentagem verificada em Dezembro de 2006.



A sondagem mostra que 15 por cento dos utilizadores acedeu no próprio dia ou no dia anterior à pesquisa do YouTube ou a um site semelhante, o que mais uma vez mostra um crescimento face ao período homólogo, desta vez de sete por cento.



Para além desta conclusão, os dados do estudo mostram que os homens são utilizadores mais habituais destes canais do que as mulheres - 53 e 43 por cento respectivamente. Mesmo assim, o número de mulheres a utilizar activamente estes canais aumentou 120 por cento, dos cinco para os 11 por cento. A maioria dos internautas que acedem a plataformas de partilha de vídeos situa-se numa faixa etária abaixo dos 30 anos (70 por cento).



Actualmente, o número de estudantes do ensino secundário a utilizar estes serviços aumentou 160 por cento, subindo dos cinco pontos percentuais para os 13 por cento.



No entender dos responsáveis do Pew Internet, este crescimento está relacionado com o facto dos internautas estarem a produzir cada vez mais conteúdos para partilhar com outros utilizadores, uma tendência ajudada pelo aumento da taxa de penetração da banda larga.



Notícias Relacionadas:

2007-12-31 - Internet mantém-se a principal fonte de informação dos utilizadores

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.