A BMW passou a ser a única acionista do serviço DriveNow, com a compra da participação da até agora “sócia” Sixt por cerca de 420 milhões de euros, segundo informaram as empresas através de comunicado.

Com o negócio, a empresa de carsharing criada conjuntamente pela fabricante automóvel e pela empresa de aluguer de veículos em 2011, atualmente mantendo uma frota de mais de 6.000 veículos, passa a pertencer apenas à BMW.

A transação ainda necessita da aprovação das entidades reguladoras, o que deverá acontecer no segundo trimestre deste ano.

A DriveNow opera em Portugal, mais precisamente na cidade de Lisboa, desde setembro de 2017, representada pela Brisa, e neste espaço de tempo soma mais de 20 mil utilizadores e 50 mil viagens feitas.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.