A Federal Communication Commission (FCC) aprovou no início desta semana o bloqueio à utilização do fundo de 8,5 mil milhões de dólares do Universal Service Fund (USF) por parte de qualquer empresa de telecomunicações para comprar equipamento da Huawei e da ZTE. E a confirmar-se a notícia avançada esta sexta-feira pelo Wall Street Journal, a Huawei deverá avançar com uma ação contra o regulador das comunicações nos Estados Unidos já na próxima semana.

A decisão surge após Ajit Pai ter apresentado a proposta no final de outubro deste ano. De acordo com o presidente da FCC, determinados fornecedores chineses representam “um risco para a segurança nacional do país”. "E existem razões crescentes para acreditar que as empresas chinesas Huawei e ZTE representam um risco inaceitável para a segurança nacional dos EUA", afirmou numa publicação no blog na FCC.

FCC aprova bloqueio à utilização do fundo de 8,5 mil milhões para compra de equipamento da Huawei e ZTE
FCC aprova bloqueio à utilização do fundo de 8,5 mil milhões para compra de equipamento da Huawei e ZTE
Ver artigo

Mas de acordo com um comunicado citado pelo jornal, a fabricante chinesa considera esta decisão ilegal e baseada em informações seletivas e insinuações e suposições equivocadas. A Huawei defende ainda que esta decisão vai ter um impacto negativo na conectividades dos americanos em áreas rurais e mais pobres dos Estados Unidos.

De acordo com a FCC, o bloqueio entrará em vigor assim que a ordem seja publicada no Diário Oficial do Governo Federal dos Estados Unidos. A decisão poderá estar relacionada com a extensão do prazo de aplicação do bloqueio económico imposto à Huawei pelo Governo norte-americano, depois a Huawei ter sido colocada em maio na lista negra dos Estados Unidos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.