Portugal junta-se assim à Dinamarca, Finlândia, Suécia, Holanda, Luxemburgo, Bélgica, Reino Unido, Irlanda e Estónia, os membros iniciais do D9+, a que se juntaram a República Checa e a Polónia, e que conta agora com 12 países neste grupo informal.

André de Aragão Azevedo, secretário de Estado para a Transição Digital, destacou que "este é um importante reconhecimento do trabalho em curso para que Portugal seja, cada vez mais, reconhecido como um líder da Inovação na Europa. A entrada no D9+ é especialmente relevante numa altura em que estamos em preparação para a Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia".

Governo apresenta oficialmente o Plano de Ação para a Transição Digital
Governo apresenta oficialmente o Plano de Ação para a Transição Digital
Ver artigo

A adesão a este grupo foi acompanhada pela assinatura da posição conjunta sobre Inteligência Artificial. O documento "Innovative and Trustworth AI: Two Sides of the same Coin" é uma posição não oficial que defende a adoção de uma estratégia Europeia comum para esta tecnologia, centrada na promoção da inovação e minimizando os riscos através da criação de uma estrutura regulativa clara, alinhada com os princípios éticos da União Europeia.

A posição de André de Aragão Azevedo sobre os temas da Inteligência Artificial, destacando que o objetivo é "sedimentarmos o quadro normativo e de princípios em que a introdução da IA se deve concretizar". O secretário de Estado partilhou o documento na sua conta do Linkedin, afirmando que "Sem confiança não há mercado. Este princípio é particularmente válido no digital e em concreto na utilização de Inteligência Artificial".

Portugal está (oficialmente) no grupo de países mais avançados no governo eletrónico
Portugal está (oficialmente) no grupo de países mais avançados no governo eletrónico
Ver artigo

Portugal já tinha entrado, em 2018, no D9, o grupo de países de referência na transformação digital adaptada à Administração Pública e dos mais avançados em termos de Governo digital a nível mundial.

Em comunicado, o Governo recorda que Portugal foi considerado pela Comissão Europeia como "País fortemente inovador", de acordo com a edição de 2020 do European Innovation Scoreboard (EIS 2020). Neste ranking Portugal é o 12º país mais inovador na União Europeia, tendo subido 6 lugares face à posição que ocupava no ranking EIS 2016.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.