Estimativas da Gartner indicam que os gastos em tecnologias da informação (TI) na região EMEA (Europa, Médio Oriente e África) vão alcançar a marca dos 1,3 biliões de dólares em 2023, numa subida de 3,7% face ao ano anterior.

Os especialistas preveem que nos mercados mais “maduros” da Europa ocidental, em países como Alemanha, França e Reino Unido, os gastos em TI vão registar uma subida de 5,2% em comparação com 2022. Olhando em específico para o caso do Reino Unido, os analistas acreditam que os gastos vão registar a maior taxa de crescimento de 2023, atingindo 218,7 mil milhões

De acordo com John Lovelock, Vice President Analyst na Gartner, os CIOs (Chief Information Officers) das empresas da região EMEA vão ter de encontrar um equilíbrio no que respeita aos orçamento para TI.

Gartner | Gastos em TI na região EMEA
créditos: Gartner

Os dados partilhados pela consultora dão a conhecer que os gastos em software empresarial podem aumentar 8,6% no próximo ano. Espera-se que os gastos em serviços públicos na Cloud registem uma subida de 18,2%, passando de 111 mil milhões em 2022 para 131 mil milhões em 2023.

Por outro lado, os analistas preveem que os gastos com equipamentos pessoais desçam 2,6% no próximo ano, depois de registarem uma queda de 13% em 2022.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.