As empresas envolvidas no negócio são a GlinttBusiness Process Outsourcing, a Netpeople e a GlinttTechnology Enabled Services, que deverão estar nas mãos do novo dono, num prazo de 60 dias, de acordo com a informação fornecida pela tecnológica à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

No comunicado, a empresa explica que a "operação enquadra-se no plano de reestruturação da organização corporativa e das áreas de negócio".

Nesse processo prevê-se “a identificação de possíveis interessados na aquisição das áreas de negócio não-core”. A empresa também contempla a possibilidade de vir a firmar outro tipo de acordos par permitir a “saída dessas áreas da exclusiva esfera de interesse económico da Glintt”.

A Glintt foi alvo de uma OPA por parte do Farminvest, que já controla 49,73% do capital da tecnológica. Para ficar com o resto terá de desembolsar cerca e 10,5 milhões de euros. A empresa está a oferecer 0,241 euros por cada ação da Glintt.

 

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.