As lojas de aplicações dos principais sistemas operativos móveis, Android e iOS, cresceram durante o ano de 2012 mas em "realidades" diferentes. O Google Play liderou o crescimento ao aumentar em 43% as receitas diárias, enquanto a Apple App Store evoluiu 21% em receitas diárias mas faturou cinco vezes mais.

A loja da marca da maçã, num dia aleatório de novembro, teve receitas de 15 milhões de dólares, enquanto a loja do Android gerou 3,5 milhões de dólares. Os valores dizem respeito às vendas feitas nos 20 maiores mercados mundiais de smartphones e foram estimados pela Distimo.

Numa análise mais global a Distimo estima que as compras dentro de aplicações, conhecidas como in-app purchases, foram responsáveis por 69% das receitas totais geradas pelas apps, num crescimento de 16% relativamente a 2011. Mas as principais empresas de desenvolvimento de aplicações continuam muito dependentes da compra direta do software: cerca de 35% do total das receitas vem da compra "única" feita pelos utilizadores.

As aquisições feitas pelos donos de smartphones e tablets também se mostraram muito centradas num grupo específico de empresas de desenvolvimento. Na App Store, 12 aplicações são responsáveis por 10% do total das receitas, enquanto no Google Play a "aplicracia" é mais notória, com quatro aplicações a gerarem os 10% de compras.

700 mil aplicações mas ainda há espaço

No relatório publicado, a empresa de análise acredita que ainda existe espaço para os programadores desenvolverem novas aplicações rentáveis. Como exemplo de "encorajamento" e da realidade dura a que as apps estão sujeitas, foi apontado o Draw Something, inicialmente da OMGPOP e mais tarde comprado pela Zynga.

Em nove dias o jogo atingiu um milhão de downloads, mas da mesma maneira meteórica que ganhou utilizadores também os perdeu. Um dos melhores desempenhos de 2012 pertence à aplicação Line Pop da empresa Naver, que em três dias angariou 1,75 milhões de downloads. Convém também referir o sucesso que a aplicação Google Maps teve no iOS - 10 milhões de downloads em 48 horas.

Os EUA, o Japão, o Reino Unido e a Austrália são os países onde o mercado das aplicações tem mais força e onde a aposta em novo software móvel pode trazer mais sucesso.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.