Em 2016/17, os estabelecimentos de ensino superior registaram um aumento do número de diplomados de cerca de quatro mil (3.948) em relação ao ano letivo anterior, o que se traduziu em um total de 77.034 diplomas, divulgou a Direção Geral de Estatísticas da Educação e Ciência (DGEEC).

Quer estudar informática e não sabe por onde começar? A Universia tem algumas dicas
Quer estudar informática e não sabe por onde começar? A Universia tem algumas dicas
Ver artigo

Os resultados estatísticos referentes à evolução dos diplomados de ensino superior até ao ano letivo 2016-2017 apontam para um crescimento de 5,2% no número de diplomas concedidos no ensino superior público e de 6,3% no ensino superior privado. No total, 83,2% (64.057) correspondem ao ensino público e 16,8% (12.977) ao ensino privado.

Relativamente ao ano letivo 2015/16, a área “Tecnologias da informação e comunicação (TIC)” registou o maior aumento no número de diplomas, de 857 para 1.479, um crescimento de 72,6%.

No entanto, são as Engenharias as que têm uma maior expressividade de diplomas de licenciatura (39,6%), mestrado (43%) e doutoramento, onde ocupa a primeira posição e apresentando em conjunto com a área das Ciências naturais, matemática e estatística uma expressão de 37,6%. No total, o número de diplomados em Ciências e Engenharias cresceu 5.7% (aumento de 21212 para 22412 diplomas).

Equidade nas TIC foi “tirada a ferros” e ainda há muito caminho a percorrer
Equidade nas TIC foi “tirada a ferros” e ainda há muito caminho a percorrer
Ver artigo

Quanto à representação dos diplomados do sexo feminino no ensino superior e embora durante alguns anos se tenha situado acima dos 60%, em 2016/17 atingiu o valor mais baixo da série (57,9%), num número total de 44.612 diplomadas.

Os cursos de doutoramento são aqueles que apresentam uma representatividade feminina menor (54,7%), ao passo que nas licenciaturas e nos mestrados a representação dos diplomados do sexo feminino registou valores idênticos: 58,8% e 58,5%, respetivamente.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.