Agora que o processo de fusão entre a Hewlett Packard e a Compaq já foi iniciado internacionalmente, a HP Portugal acaba de tornar pública a sua nova estrutura organizativa. Carlos Janicas, presidente do conselho de Administração da HP e recentemente nomeado General Manager da HP Portugal, vai acumular este lugar com o de Enterprise Systems Group Country Manager – área que fornece activos tecnológicos para a infra-estrutura de TI empresarial, onde se inclui armazenamento, servidores e software de gestão.


O último presidente da Compaq em Portugal, Vasco Matafome, continua em funções na nova empresa como Imaging and Printing Group Country Manager, uma área que inclui soluções de imagem e impressão para o mercado de consumo e empresarial, sendo que, depois da aquisição da Indigo este sector está a alargar-se à edição digital.
Manuel dos Santos, que já fazia parte da direcção da HP, ficará responsável pelo Personal Systems Group que abrange soluções de computação pessoal e tecnologias emergentes da HP.



Em relação aos quadros das empresas, a fusão não vai implicar de momento quaisquer despedimentos, já que vai manter os 375 empregados que têm neste momento – 215 pertencentes à Compaq e 160 à HP.



Refira-se que a partir de agora a marca corporativa será a da HP que será utilizada em produtos, serviços e soluções excepto no que se refere aos PCs comerciais e portáteis, já que a marca Compaq será ainda utilizada em PCs de consumo e portáteis.



A Compaq e a HP estão presentes no mercado português há cerca de uma década. No ano 2000 as empresas obtiveram volumes de negócio combinados de 80,2 milhões de contos (400 milhões de euros), com a Compaq a alcançar 41,2 milhões de contos (205 milhões de euros) de facturação e a Hewlett-Packard a obter 39 milhões de contos (194 milhões de euros), valor ao qual podem ser acrescentados 16 milhões de contos (79 milhões de contos) provenientes do negócio de consumíveis que são facturados directamente aos revendedores. Em relação ao ano fiscal de 2001 as receitas conjuntas foram de aproximadamente 431,6 milhões de euros.



Notícias Relacionadas:

2002-05-02 - Processo de fusão entre HP e Compaq começa dia 7 de Maio

2002-04-29 - Batalha entre HP e Walter Hewlett parece estar próxima do fim

2002-03-21 - Accionistas da Compaq aprovam fusão com HP

2002-03-20 - Sim à fusão entre HP e Compaq vence primeira fase por margem mínima

2002-03-06 - Institutional Shareholder Services aconselha accionistas a aprovar fusão entre a HP e a Compaq

2002-02-15 - HP vê lucro do último trimestre diminuir 31% face ao ano anterior

2002-02-06 - Processo de fusão entre HP e Compaq pode estar concluído em Março

2002-01-25 - Comissão Europeia mantém negociações com a HP para aprovação da fusão com a Compaq

2002-01-09 - Carly Fiorina defende plano de fusão entre a Hewlett-Packard e a Compaq

2001-11-14 - Compaq Portugal aumenta facturação em 21,5 por cento

2001-08-13 - Compaq Portugal tem novo presidente

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.