Os dados do Eurostat sobre a percentagem do Produto Interno Bruto (PIB) que cada país da União Europeia investe em Investigação & Desenvolvimento mostra que os valores em Portugal voltaram crescer pela segunda vez consecutiva.

De acordo com o relatório, em Portugal à área I&D terá representado 1,32% do Produto Interno Bruto em 2017 (dados provisórios), quando no ano anterior o valor foi de 1,28%. Ainda assim, o país ainda está longe da média europeia de 2,07%.

tek eurosta I&D 2017

No grupo de Estados-membros que mais investem em I&D está a Suécia, em primeiro lugar (3,33%), acompanhada pela Áustria, em segundo (3,16%). A Dinamarca surge em terceiro (3,06%) e a Alemanha, muito próximo, em quarto (3,02% do PIB).

Finlândia, Islândia, Noruega, Bélgica, Holanda, Eslovénia e Itália são igualmente países da UE à frente de Portugal.

Por sectores, os dados do Eurostat mostram que é o sector empresarial que fica com a maior quota de investimento em I&D (0,67%), seguido do Ensino Superior (0,56%). O Estado é apontado em terceiro lugar (0,07%) e as organizações sem fins lucrativos em quarto (0,02%).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.