Os números revelados num balanço publicado online pelo próprio KickStarter mostram que 3,3 milhões de pessoas contribuíram financeiramente para o sucesso de ideias e projetos em áreas tão diversas como a arte, o teatro, os jogos, alimentação, fotografia ou tecnologia, entre muitas outras. Em conjunto doaram 529 milhões de dólares para promover o empreendedorismo e ver nascer novos produtos, serviços ou conceitos.



Agosto foi o melhor mês para quem procurou sucesso - e capital - através daquela plataforma de crowdfunding. Nesse mês foram apoiados 2.311 projetos. O mês mais fraco foi janeiro, durante o qual receberam o financiamento necessário para continuar apenas 1.242 projetos.



Por áreas, o crowdfunding revelou-se uma opção de maior sucesso em sectores como o cinema e o vídeo, onde foram apoiados 3.846 projetos, ou na área da música, onde foram reunidos fundos para fazer avançar 4 mil dos projetos submetidos à plataforma. Na área dos jogos saíram vencedores 1.980 projetos e na área da tecnologia apenas 1.124.



Embora a tecnologia represente um dos sectores com menor número de projetos apresentados/financiados no universo das categorias com mais de 1.000 projetos apoiados, foi essa área que conseguiu reunir maior volume de verbas. Ficou com 125 milhões de dólares, nos 529 milhões de dólares aplicados pelos financiadores em todos os projetos apoiados. A segunda área com maior volume de financiamento recolhido foi a do design, com 96,7 milhões.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.