A página de Internet do Plano Tecnológico tem nos últimos dias sofrido alterações, ao nível do número de medidas previstas em cada um dos eixos definidos, passando de mais de 200 para cerca de 80. Questionado pelo Público sobre as alterações, o novo coordenador do Plano explicou ao diário que permanecem no documento as "medidas de referência" que se destacam pelo seu "carácter exemplificativo", refere Carlos Zorrinho.



O responsável acrescenta que as medidas retiradas do programa estão directamente afectas a ministérios, mas que a sua concretização está na mesma assegurada.



Carlos Zorrinho aguarda a publicação da Resolução do Conselho de Ministros que extingue a Unidade de Coordenação do Plano Tecnológico, aprovada na semana passada, para iniciar funções juntamente com três membros da UCPT que permaneceram na estrutura sem se demitir. A actividade de coordenação vai será financiada com o orçamento já atribuído à UCPT.



O jornal escreve ainda que Manuel Pinho, ministro da economia, seria ontem ouvido pela Comissão dos Assuntos Económicos, Inovação e Desenvolvimento Regional sobre as alterações que o Plano tem vindo a sofrer. Um dos temas prováveis de discussão relaciona-se com o projecto de instalação de um pólo de investigação e formação de pós-graduados do MIT, questão que tem motivado desacordo relativamente às entidades portuguesas que vão entrar em parceria com a escola.



Notícias Relacionadas:

2005-12-15 - Carlos Zorrinho é o novo coordenador nacional do Plano Tecnológico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.