O mercado dos bens tecnológicos caiu 8,7% em Portugal para os 2,2 mil milhões de euros registados durante todo o ano de 2012, tendo sido observada uma queda em quase todos os sectores de consumo menos na área das telecomunicações. A procura por smartphones e tablets "salvou" o mercado português nas aquisições tecnológicas.

Os 341 milhões de euros registados pelos dispositivos móveis não são suficientes para tornar o mercado das telecomunicações como o mais valioso dentro dos bens tecnológicos. As tecnologias da informação, com 555 milhões de euros, e a eletrónica de consumo, com 468 milhões de euros, são de longe os setores com mais receitas.

Os dados divulgados pelo estudo da Gfk TEMAX revelam que entre 2011 e 2012 apenas o mercado das telecomunicações subiu no volume de receitas, registando um aumento de 8,3% nas vendas registadas nos quatro trimestres do ano passado.

Todas as outras áreas tiveram resultados no "vermelho", e as que tiveram pior prestação foram as áreas de equipamentos de escritório e de grandes eletrodomésticos que caíram as duas 17,3% em vendas. A eletrónica de consumo, a fotografia, os pequenos eletrodomésticos e as tecnologias de informação tiveram todas quedas entre os 6% e os 10%, como atesta a seguinte tabela:

[caption]gfk[/caption]

A tabela resume ainda os resultados do último trimestre de 2012, que mesmo com uma tendência negativa em alguns setores - sobretudo na eletrónica de consumo - registou um crescimento em três áreas, sendo mais uma vez liderado pelas telecomunicações.

A Gfk TEMAX refere que os resultados são representativos da crise que atingiu os portugueses.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.