A Motorola anunciou a reorganização dos seus negócios que passarão a dividir-se por quatro áreas distintas focadas nos dispositivos pessoais, redes, governos e empresas e lar conectado. O objectivo desta reestruturação, que produz efeitos a partir do próximo dia 1 de Janeiro, é criar condições no grupo para melhor alcançar os objectivo de liderança do mercado móvel.



Em comunicado Ed Zander, CEO e presidente da empresa, explica que a reestruturação das áreas de negócio é o culminar de dois anos de esforços na melhoria da eficiência operacional da empresa.



O mesmo documento detalha as competências de cada uma das novas áreas de negócio explicando que na área de dispositivos pessoais ficam o fabrico de terminais para a área empresarial e mercado doméstico. A área de redes manterá o seu foco anterior, dedicando especial atenção às redes IP e às tecnologias de nova geração como o IMS/softswitch e o iDEN.



A área dedicada aos governos e empresas dedica-se ao desenvolvimento de soluções de mobilidade para essas áreas específicas, enquanto a área Connected Home vai servir os actuais e novos clientes nas áreas do cabo e satélite, para além de se dedicar ao desenvolvimento de soluções de banda larga para o mercado residencial.



A reestruturação deverá estar concluída no final do primeiro trimestre do próximo ano e incluirá ainda a criação de uma nova entidade que ficará responsável pela supervisão das áreas de fabrico e distribuição da empresa pelo mundo. Não está ainda definido se estas funções serão asseguradas a nível interno ou externo.


Notícias Relacionadas:

2003-10-06 - Motorola autonomiza divisão de semicondutores

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.