A recuperação arquitectónica do Laboratório de Química e do edifício do Colégio de Jesus na Universidade de Coimbra dará origem, no espaço de dois anos, a um Museu das Ciências que aproveitará o espólio herdado pela instituição dos seus laboratórios experimentais do século XVIII, nas áreas da astronomia, química e física, anunciou o Ministério da Ciência e do Ensino Superior.




Pretende-se que o futuro Museu das Ciências conjugue exposições - permanentes e temporárias - com realizações culturais, estando já em preparação a primeira exposição permanente, com o tema "Os enigmas da matéria: das estrelas aos átomos".




O projecto inclui a concretização de um Museu das Crianças, destinado à iniciação no domínio das ciências de crianças com idades compreendidas entre os 5 e os 10 anos e entre os 10 e os 13 anos. Uma outra vertente contemplada no projecto é a criação de oficinas de restauro, por forma a garantir a preservação das colecções e facilitar o seu estudo.




O espaço será constituído por um conjunto de salas de conferência e espaços ao ar livre para debates, bem como uma mediateca, completada com uma exposição virtual e um centro de esclarecimento sobre questões científicas à distância, refere o MCES em comunicado.




A primeira fase do projecto arrancou com a assinatura recente de um memorando de entendimento entre as partes envolvidas e diz respeito à renovação arquitectónica do Laboratório de Química - o primeiro edifício construído em todo o mundo para o ensino experimental da Química. A segunda, mais longa e complexa, compreende a recuperação do edifício do Colégio de Jesus.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.