A Nvidia anunciou a aquisição da Icera por 367 milhões de dólares (255,7 milhões de euros). A empresa britânica alvo do negócio dedica-se ao fabrico de processadores para dispositivos wireless.



Mais concretamente, a Icera especializou-se no fabrico de chips que suportam ligações 3G e 4G em dispositivos móveis, smartphones e tablets. Com a aquisição, a Nvidia planeia integrar esta tecnologia na sua linha de processadores para smartphones.



Renovando a linha Tegra, a Nvidia também fica melhor preparada para competir com a Qualcomm, com quem disputa terreno no mercado móvel.



Vale a pena sublinhar que a linha de processadores Snapdragon da Qualcomm já integra num mesmo chip CPU, GPU, multimédia, GPS e funções de conectividade.



Jen-Hsun Huang, CEO de Nvidia, diz que a compra da Icera é um passo chave para transformar a "Nvidia numa grande empresa no contexto da informática móvel".



De acordo com a informação disponível, o negócio - que garante à Nvidia acesso a um portfólio de cerca de 550 patentes relacionadas com dispositivos móveis - deverá estar concluído em 30 dias.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.